Pandemia ou Endemia: Entenda as diferenças.


O quadro de pandemia (instaurado desde 2020 por meio do decreto de emergência sanitária) está cada vez mais próximo de ser alterado para um de endemia devido à queda nos casos de mortes e infecções pelo Coronavírus.


Apesar de bem-vinda, a medida é contestada por especialistas, que alegam não ser a hora de reduzir os cuidados. Mas é importante que se saiba que essa modificação não significa que a COVID-19 tenha se tornado uma doença menos grave ou mesmo que o fim de sua proliferação esteja próximo. A mudança para endemia significa que é possível considerar que, hoje, a doença atua de forma constante em uma localidade, eventualmente resultando em morte, mas com os novos contágios podendo ter um número previsível.


Tanto pandemia como endemia são emergências sanitárias preocupantes e que geram um quadro com condições especiais e normas jurídicas que permitem, por exemplo, descumprimento de regras fiscais e ausência de licitação para aquisição de bens para saúde. Mas como definir o que é uma e o que é outra?


De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), agência das Nações Unidas para a saúde, Endemia é quando uma doença tem recorrência em uma região, mas sem aumentos significativos no número de casos. Isto quer dizer que o problema se manifesta com frequência e segue um padrão relativamente estável. Exemplos de doenças classificadas como endemias são Tuberculose e Malária.


Pandemia é quando há a disseminação mundial de uma nova doença e não há como controlar o contágio já que as pessoas não são imunes ao agente infeccioso. Em uma escala de gravidade, podemos dizer que ela é o pior dos cenários pois se estende a diversos países diferentes e várias regiões do globo. Porém, não é correto dizer que uma pandemia é irreversível ou não possa ser controlada no futuro.


Por isso, se a preocupação não acabou, é melhor não facilitar. A Geonav desenvolveu o Esterilizador de Ambientes MicroCleaner. Cientificamente dimensionado para combater, com máxima eficiência a proliferação e propagação de micro-organismos em suspensão no ar ambiente, ele auxilia na purificação contínua do ar, eliminando 99,99% de vírus e bactérias, incluindo o Coronavírus (SARS-COR-2). Confira o laudo de um laboratório especializado.



Ideal para ambientes fechados como salas de aula, escritórios, consultórios, residências, salas de espera, lojas, entre outros, é ecológico, de fácil operação e não gera resíduos ou produtos agressivos para o meio ambiente, podendo ser controlado remotamente pelo aplicativo Hi by Geonav (disponível na App Store e Google Play).


Fonte: Gazeta do Povo


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo